Cunhada cavala me deu a buceta

Cunhada cavala

Meu nome é Cleiton, moro em Osasco-SP. A história que vou contar começou depois que minha sogra e minha cunhada cavala vieram morar conosco, meu sogro havia falecido fazia 3 meses.

Minha cunhada cavala na época tinha 18 anos, uma linda ninfeta de parar o trânsito, tem a pele clara, cabelos compridos loiros, uma bunda arrebita que é a coisa mais linda do mundo e seios pequenos, em todo lugar que ela passa ela chamava muito a atenção não só de homens como de outras mulheres.

Ela costumava andar pela casa só de calcinha e sutiã, aquilo me deixava louco de tanto tesão, mas não podia fazer nada pois minha esposa 10 anos mais velha do que ela me dizia para não reparar pois ela ainda era uma “criança”. Mas não conseguia me conter batia várias punhetas pensando nela e inúmeras vezes comi minha mulher pensando na minha cunhadinha.

Passado certo tempo ela já estava com 19 anos e então um dia eu sai com ela para irmos buscar lanches no MC Donald´s do Shopping Tamboré, ela usava uma mine blusa e uma mine saia bem curtinha, já na volta para a casa ela estava segurando na mão a desajeitada bandeja com os copos de refrigerante e eu não conseguia parar de olhar para aquelas pernas roliças bem torneadas, foi quando passei em um buraco e derramou refrigerante em seu colo como ela estava com as mãos ocupadas disse para ela deixar que eu enxugava, peguei um paninho no porta luvas e comecei a passar em suas coxas, como suas pernas estavam meio abertas fui deslocando a minha mão até que consegui tocar sua xoxotinha mas fui devagar pois não saberia qual seria a sua reação, e para minha surpresa ela ficou quietinha e não esboçou nenhuma reação.

Chegamos em casa e eu não consegui esquecer a cena e mais uma vez toquei uma punheta pra ela. No outro dia de manhã minha esposa me acordou e disse que iria sair com a mãe dela iriam até o cemitério e me disse para que eu ficasse de olho que minha cunhada também ficaria em casa. Logo que escutei o barulho no carro saindo da garagem levantei e fui até o quarto da minha cunhadinha, a porta estava entre aberta então tive uma das visões mais lindas que vi até hoje, como fazia calor ela estava deitada de bruço com uma mine camisola e o enorme volume de sua bunda empinada estava todo a mostra, não consegui me conter entrei em seu quarto como faço de costume todos os dias para acorda-la para ir para a aula, mas neste dia não resisti e comecei a passar a minha mão pela aquela bunda deliciosa, depois de algum tempo acariciando-a percebi que ela estava acorda então para minha surpresa ela virou de frente e continuou se fazendo que estava dormindo, então coloquei minhas mãos novamente sobre suas coxas e fui acariciando até chegar em sua xoxotinha, comecei a massageá-la e novamente para minha surpresa ela ficou quieta e de vez em quando fazendo que estava dormindo se ajeitava para que eu pudesse encaixar a minha mão cada vez mais meu pau já estava tão duro que não cabia mais dentro da cueca.

Cunhada cavala me deu

Percebi então que sua calcinha ficou toda molhada com o sumo de sua xoxotinha, então decidi ser mais abusado e enfiar a mão por dentro de sua calcinha, assim o fiz, não posso descrever a sensação mais maravilhosa do mundo que tive quando meus dedos tocaram a sua vulva toda enxarcadinha de tanto tesão. Depois tomei coragem e abaixei a sua calcinha e vi aquele bucetão rosado na minha frente, não tive dúvidas meti a língua lá dentro, a essa altura ela já não fazia que estava mais dormindo e soltava gemidos de prazer, foi até quanto ela não aguentou mais e gozou gostoso na minha boca.

Então deite-me ao seu lado e ela virou para mim, abaixou um pouco a camisolinha larga deixando avista os seus mamilos grandes e rosadinhos, não tive dúvidas comecei a chupa-los, enquanto estava me deliciando com seus peitos percebi a sua mão alisando o meu pau então desci a cueca e ela não se fez de rogada e abocanhou o meu caralho de 20cm, parecia uma cadela no cio de tanta força que ela sugava meu pau, então falei sussurrando em seu ouvido se ela não gostaria que um enfiasse o meu pau em sua bundinha. Ela se ajeitou sobre a cama de quatro pediu para que colocar devagar e deixou-me amostra aquela bucetona, então fui enfiando meu cacete bem devagarinho e ela gemendo feito louca, então comecei da dar-lhes umas bombadas cada vez mais rápidas e senti ela gozar feito louca. Ai minha cunhada cavala se deitou na cama ainda de bruços, então vim por cima dela direcionei o pau naquele bucetão e comecei a comê-la de novo, já não estava mais aguentando de tanto tesão quando ela gemeu e depois gritou de iria gozar mais uma vez, então não resisti e também gozei gostoso naquele bucetão.

Cunhada cavala me deu a buceta
Cunhada cavala me deu a buceta
Bucetas - Porno Amador - SuperHQ - Hentai - Hentai HQ - Quadrinhos Eróticos - Fotos Porno - HQ Hentai