Engolindo porra de travesti muito bonita

Sou um homem alto, com o corpo em forma, loiro e tenho os olhos claros. Muita gente me considera um cara bonito, mas não vou entrar nesse mérito. Tenho 29 anos e vim contar uma história sobre o dia em que eu acabei engolindo porra de travesti. Eu já tinha transado com uma há alguns anos, mas acabou não dando muito certo.

Na época, achei ela feia e o pau não era lá grande coisa. Me arrependi e acabei ficando afastado disso por um tempo. Só que durante a pandemia, eu estava em casa meio entediado. Moro sozinho e acabei bebendo umas três ou quatro cervejas. Fui ver um pornô e acabei me deparando com um site de travestis de luxo da minha cidade.

Tinha uma muito bonita e eu enviei mensagem. Acabei enviando pras outras também, só pra ver no que ia dar. Uma delas respondeu na hora e eu acabei ficando meio nervoso. Será que eu ia ter mesmo coragem de sair com uma? Talvez eu me arrependesse depois, até porque tava meio alto por causa da bebida.

Trocamos o número do nosso celular e comecei a falar com ela pelo whats. Queria que ela viesse naquela mesma hora, mas ela acabou se atrasando um pouco. Meu tesão foi subindo, mas o nervosismo não baixava de jeito nenhum.

Mesmo que ela tenha demorado a chegar, notei que valeu a pena, porque era muito bonita. Ficamos um tempo deitados no meu sofá, vendo televisão. Comecei a pensar que poderia pagar e mandar ela embora, sem fazer nada, só que ela tirou a calça e ficou só de lingerie. O tamanho do pau era de impressionar.

Pensei em pedir pra ver e brincar um pouco, parar por aí, mas ela acabou não deixando. Assim que pedi pra ver, ela assumiu a situação e deixou de ser uma amiga pra virar uma acompanhante de verdade. Colocou o pau pra fora e pegou minha cabeça, me fazendo chupar.

Engolindo porra de travesti

Ela estava de pé bem na minha frente, empurrando minha cabeça pra mais fundo do seu pau. Nunca tinha feito aquilo e sentia o negócio chegando na minha garganta. Quase cheguei a vomitar por causa da força dos movimentos, mas ela não me deixou parar.

No fundo, eu sei que acabei gostando, porque o pau daquela travesti era incrível e eu queria experimentar cada vez mais. Até chupei as bolas dela depois que terminei. Estava todo babado e pingando no chão.

Ela disse que eu não tinha autorização pra parar até que ela gozasse. Então, segurou minha cabeça de novo e me fez chupar, cada vez mais rápido, com vontade. Fechei os olhos e fiquei sentindo aquela coisa grande e quente na minha língua, indo pra frente e pra trás.

Quando eu escutei um gemido, sabia que ela ia gozar. Então, empurrou minha cabeça um pouco pra trás, deixando só a ponta na minha boca e gozou. Me mandou engolir e eu o fiz, foi assim que eu acabei engolindo porra de travesti. Depois disso, parei pra pensar que não tinha me arrependido em nada da experiência.

Engolindo porra de travesti
Engolindo porra de travesti